terça-feira, 7 de junho de 2011

Lembranças

Nós lembramos mais aquilo que de alguma forma nos toca e assim nos emociona. Memória e emoção estão interligadas nesse sentido. O que nos faz lembrar de uma história, de um filme, de uma música? É muito provável que a gente relacione a história, o filme e a música a algo da nossa própria vida e com isso "armazenamos" na memória. Sempre cito o filme "Uma vida iluminada" que é para mim dos mais bonitos e simbólicos. O filme, trata sobre esse assunto, mostra o que de fato devemos e precisamos lembrar e o que queremos lembrar. Quando nos pegamos contanto uma história nossa passada com detalhes, é bem possível que o tempo tenha modificado a cena original e que a gente tenha criado aquele cenário.

Quantas vezes nos pegamos querendo esquecer determinado acontecimento? E enquanto não resignificarmos o fato ocorrido não conseguimos olhá-lo de forma diferente. O que somos hoje modifica o nosso eu do passado; somos várias possibilidades que ficaram em aberto. Escolhemos uma dentre tantas possibilidades. E lembrar dessas possíveis escolhas é reafirmar o que somos hoje e o que pretendemos ser amanhã. Das lembranças passadas e do que construimos no presente é que nos abrimos ao futuro, tão incerto e vazio.