quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Up in the air (amor sem escalas)

Hoje resolvi comentar sobre o filme Up in the air, do diretor de Juno com um roteiro muito bem construído, que o título em português (Amor sem escalas é péssimo). Mas é um filme que recomendo muito.

Ele a princípio parece ingênuo, ou mais uma daquelas comédias românticas cheias de clichês e quando vemos somos tomados por constatações sobre nós mesmos e sobre como lidamos com o outro (seja ele no trabalho, em casa, um amigo ou no amor).

Fala sobre escolher entre se lançar ao mundo dos relacionamentos ou ficar sozinho, mas sem melodrama e nem lição de moral. Não levanta nenhuma bandeira apenas nos faz pensar. Muitas pessoas confundem estar solteiro com solidão e desamparo. Mas isso fica para outra postagem.

Além de tudo isso que já é muito, existe toda a crítica social de como as empresas demitem os funcionários e de como as pessoas durante a vida resignificam seu modo de pensar, seus comportamentos e as próprias escolhas.

É ótimo para refletir sobre nossas próprias atitudes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário